Chanel, Haute Couture Primavera Verão 2016

Karl Lagerfeld define Haute Couture como “extremo luxo” Ele busca a perfeição, beleza e singularidade. Paciência, imaginação, competência, dedicação, trabalho duro e criatividade são necessários para produzir obras de arte da moda que simboliza a visão do designer de moda e estilo

StellaPelissari- Chanel

Haute Couture é Parisiense. Ele nasceu no bairro em torno da Rue de la Paix, onde Charles-Frédéric Worth fundou um salão de costura em 1858. Ao transformar o costureiro de um “fornecedor” em um “criador”, ele foi o primeiro a apresentar os seus clientes com coleções reais sobre modelos vivos em salões luxuosos.

Naquela época, Paris já tinha uma reputação como a capital do mundo de elegância e foi repleto de pequenas empresas dedicadas à arte da costura (bordadeiras, trabalhadores de penas, botão, sapatos e luvas e chapeleiros …).
11.jpg.fashionImg.hi

Apesar de Gabrielle Chanel abriu sua primeira loja em Biarritz, em 1915, ela mudou-se para rue Cambon, em Paris, em 1918. Até o final da década de 1920, o endereço foi expandindo incluindo posteriormente os N ° s 23, 25, 27, 29 e 31.

O lendário 31, rue Cambon e agora exclusivamente dedicado à alta costura. Todas as coleções e as encomendas de Haute Couture são sem exceção criado neste histórico edifício.

A Maison Chanel continua influenciada pela a grande tradicional Coco Chanel e na Haute Couture Chanel e é a mais antiga casa de costura ativa no mundo. Todas as peças originais são inteiramente feitos à mão e têm uma etiqueta na parte traseira com um número de certificado garantindo sua autenticidade. Cada equipamento é exclusivo e não pode ser encomendado sem o consentimento da primeira pessoa que adquiriu.

Veja alguns detalhes impressionantes nesse video:

A nova coleção Haute Couture de Chanel

Chanel apresentou o seu mais recente 2016 coleção primavera-verão da primavera Haute Couture em um ambiente minimalista criado por Karl Lagerfeld.

Todos os shows Chanel são eventos espetaculares em seu próprio direito. E somos sempre surpreendidos pelos cenários fantásticos criados por Karl Lagerfeld. Nesta temporada, Karl nos convida para uma viagem à Terra do Sol Nascente. A decoração, que consiste em uma casa toda em madeira, rodeado por um jardim Zen deu lugar a uma das melhores coleções de alta costura já apresentadas por Chanel.

StellaPelissari- Chanel

StellaPelissari- Chanel

Se o ambiente foi Extremamente simples, A magnífica coleção de roupas foi completamente o oposto – rica e complexa.

Lagerfeld usou suas cores favoritas para vestidos fluidos, blusas vaporosas, jaquetas e saias com ricos bordados de flores e abelhas. Uma coleção bem, mas natural como amava Gabrielle Chanel.

A costureira tinha um amor especial pela natureza e todas suas tonalidades: ecru, marfim, areia, taupe, marrom e o bege… sua cor favorita. “Ele traz um equilíbrio entre o calor do marrom e o frescor do branco”, costumava dizer Mademoiselle Chanel. Para a Haute Couture Primavera-Verão 2016 Karl Lagerfeld decidiu usar as cores favoritas da costureira em vestidos fluidos, blusas vaporosas, casacos e saias bordados de flores e abelhas.

StellaPelissari- Chanel

Sempre elevando ao máximo os desafios d criar uma coleção de alta costura, ele decidiu usar a madeira e a palha como um ornamento: lantejoulas, miçangas, perolas…

StellaPelissari- Chanel

 

“Fizemos bordados maravilhosos com materiais novos como a madeira e palha. Tivemos que fabricar tudo porque você não pode encontrar em nenhum lugar lantejoulas de madeira, por exemplo. Normalmente, bordamos com os materiais já existentes, mas desta vez tivemos que criá-los porque eles não existiam “. disse Karl.

Com a intenção de unir o ecologia e moda de forma contemporânea, Karl utilizou papel reciclado e os fios de tecido orgânico e mesmo algodão selvagem. “Esta é a ecologia de alta-costura”, disse Lagerfeld.

StellaPelissari- Chanel71.jpg.fashionImg.look-sheet.hi

 

Alta Costura é o luxo extremo. É a perfeição com uma personalidade única. Tem a ver com paciência e com os tempos modernos e atuais. Alta Costura é um símbolo máximo de beleza e do refinamento dos artesãos. Esta é a beleza e a magia dela” adiciona o Kaiser.

O desfile foi marcado por peças plissadas como origamis e a mistura de materiais aéreos com a rigidez da madeira. Os volumes lembravam os caprichos da natureza, como jaquetas com generosas mangas ovais ou blusas arredondadas em contraste com a delicadeza de saias lápis.

A segunda parte do desfile é espetacular quando as modelos avançam vestindo saias e vestidos em tons de bege, marfim e ouro milimetricamente bordados.

Abelhas enfeitavam boa parte dos roupas de noite seja bordadas em tule ou montadas como bijuterias.

Simbolizando a renovação e perpetuidade do renascimento da natureza e prevendo felicidade, as abelhas também incorporam um valor simbólico associado com a sua natureza de trabalho árduo, trabalho este que lembra a confecção das peças da alta costura.

 

chanel-spring-summer-haute-couture-2016-bees

 

www.chanel.com

1 comentário

  1. Siloé Fonseca Pelissari

    Lindérrimo os modelos. Os bordados em pedraria dão um efeito maravilhoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *